Festa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil

Festa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil

No dia 12 de outubro, celebramos o dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil e também o dia das crianças. Em 1717, três pescadores, depois de tanto esforço, sem pescar nada, pescaram o corpo e depois a cabeça da Imagem, que foi denominada de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Diz a história, que após a “pesca” do corpo e da cabeça da imagem, a pesca de peixes foi abundante. 

Os pescadores, que eram pobres, viram neste sinal que não estavam sozinhos e nem desamparados e que Deus estava com eles, para os defender. Dizia o fundador de minha Congregação religiosa, que “Quando Deus quer uma obra, os obstáculos são meios”. 

Depois da pesca abundante, a Imagem foi levada para a casa dos pescadores. Aos poucos o povo foi se reunindo diante da imagem e recebendo graças especiais. 

Diante destas graças, em 1888 foi inaugurada a Basílica Velha, que acolheu a “imagem milagrosa” e em 1955 iniciou-se a construção do Santuário atual, onde está a imagem que acolhe uma multidão de fiéis que vem à Aparecida para agradecer as curas, bençãos e graças recebidas. 

A história da Salvação só pode ser construída à luz da história individual de cada cristão. É preciso ler as Escrituras com o olhar de nosso coração, na situação em que estamos vivendo. É por isso que Maria, apesar de ser uma única pessoa, é interpretada em cada país ou cultura de maneiras diferentes. 

A imagem de Nossa Senhora Aparecida é uma mensagem profética para o povo brasileiro. Ao olhamos para a pequena Imagem, podemos perceber que:

1) Nossa Senhora Aparecida nos oferece Jesus – Ela está grávida; 

2) Nossa Senhora Aparecida nos une a Jesus – A cabeça, em princípio, aparece separada do corpo. A história ainda conta que os senhores da época, quando engravidavam as jovens negras, filhas de escravos, cortavam-nas a cabeça e jogavam no rio Paraíba. Com o encontro da imagem, no mesmo rio, em dois momentos, corpo e cabeça, Deus quis denunciar as injustiças da época; 

3) Foi pescada e colocada numa barca – A barca é sempre sinal da Igreja. A Igreja- nos convida a sermos comunidade de irmãos com fé; 

4) A Imagem de Nossa Senhora Aparecida nos convida a oração – Tem as mãos postas como se estivesse rezando.  Um convite a nos unirmos a Ela em oração a Deus;

5) A Imagem de Nossa Senhora Aparecida brota das águas – A água é o elemento da vida e lembra sempre o nosso batismo; 

6) A imagem de Nossa Senhora Aparecida é solidária com os pobres, deixando-se pescar por três pescadores pobres – A casa dos pobres se torna Santuário de Nossa Senhora Aparecida e um templo de fé; 

7) A Imagem é escurecida – Nossa Senhora se faz solidária com os negros que viviam sob a opressão da escravidão da época; 

8) A Imagem é pescada com a cabeça separada do corpo – A Virgem Maria se faz solidária com as meninas negras abusadas, na época, pelos seus senhores; 

9) Se observarmos a Imagem com atenção, Nossa Senhora se apresenta de forma sorridente. Seus lábios estão a revelar o sorriso de Deus para nós. 

Claro que para entendermos os sinais de Deus, precisamos ter fé. Que a fé na ação de Deus nos torne mais santos para amar os nossos irmãos. Que Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil, proteja nossa terra de todos os males. 

 

Dom Manoel Ferreira dos Santos Junior, MSC
Bispo Diocesano de Registro.