Palavra do Pastor

Caro irmão e irmã internauta e diocesano de nossa querida Diocese de Registro.
Estamos no mês de maio, um mês repleto de mística. Mística pelos dias das mães, mulheres tão queridas em nossa vida. Modelos de cuidado para com seus filhos. Parabéns a todas as mães.
Mística porque iniciamos o mês com o dia do Trabalho (trabalhador). Homens e mulheres comprometidos com a construção do mundo e do Reino de Deus. Deus criou o mundo, mas os trabalhadores pelas suas ações continuam construindo e renovando pela força que vem de Deus Neste sentido, somos co-criadores do universo. Por isso, que devemos cuidar de nossa “casa comum”, com muito carinho e amor.
No dia primeiro de maio, celebramos São José Operário. E neste tempo de desemprego e de crise, pedimos a proteção de São José para as nossas famílias e para as nossas dispensas. Que nunca falte alimento em nossas casas. Ele que cuidou da casa da Sagrada Família, saberá também cuidar de nossas casas.
Mística porque maio é também mês da Virgem Maria. Que nós honramos com diversos títulos e que é a querida mãe de Jesus. Este também é o mês do rosário. O Papa Francisco nos enviou uma carta, fazendo o convite para que, estando em casa, rezemos o rosário pela saúde e vida do mundo. Penso que é um desafio, mas será um tempo de muita graça para a família que conseguir rezar o rosário em família, como faziam nossos pais. Caso não consiga rezar em família, procure rezar sozinho. Com certeza, sentirá a presença da Virgem Maria em sua vida e em suas necessidades. Segue a carta do Papa Francisco para você.

Queridos irmãos e irmãs
Já está próximo o Mês de Maio, no qual o povo de Deus manifesta de forma particularmente intensa o seu amor e devoção à Virgem Maria. Neste mês, é tradição rezar o Terço em casa, com a família; dimensão esta – a doméstica –, que as restrições da pandemia nos «forçaram» a valorizar, inclusive do ponto de vista espiritual.
Por isso, pensei propor-vos a todos que volteis a descobrir a beleza de rezar o Terço em casa, no mês de maio. Podeis fazê-lo juntos ou individualmente: decidi vós de acordo com as situações, valorizando ambas as possibilidades. Seja como for, há um segredo para bem o fazer: a simplicidade; e é fácil encontrar, mesmo na internet, bons esquemas para seguir na sua recitação.
Além disso, ofereço-vos os textos de duas orações a Nossa Senhora, que podereis rezar no fim do Terço; eu mesmo as rezarei no Mês de Maio, unido espiritualmente convosco. Junto-as a esta Carta, para que assim fiquem à disposição de todos.
Queridos irmãos e irmãs, a contemplação do rosto de Cristo, juntamente com o coração de Maria, nossa Mãe, tornar-nos-á ainda mais unidos como família espiritual e ajudar-nos-á a superar esta prova. Eu rezarei por vós, especialmente pelos que mais sofrem, e vós, por favor, rezai por mim. Agradeço-vos e de coração vos abençoe.

Roma, São João de Latrão, na Festa de São Marcos Evangelista, 25 de abril de 2020.

No final da oração poderá rezar esta oração indicada pelo Santo Padre: “A vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus, não desprezeis a nossa súplica em nossas necessidades, mas livrai-nos de todos os perigos, ó Virgem, Gloriosa e bendita”.
Fica aqui para todos nós o desafio do Papa Francisco. Eu rezarei e você?

Servi ao Senhor com alegria!

Dom Manoel Ferreira dos Santos Junior, MSC
Bispo Diocesano de Registro.